Conheça Moringa: a famosa "planta milagrosa"


Dela se aproveita quase tudo, das raízes às flores. As folhas e vagens podem ser usadas cruas em saladas ou colocadas em sopas. Tem um sabor parecido com o agrião, segundo quem já provou. As flores podem ser preparadas em doces, como fazem os indonésios. Também são usadas na produção de cosméticos e chás.

 

Podem ser usadas como parte do tempero junto com orégano e outras ervas. Smoothies e cozidos ganham um sabor diferente e são enriquecidos com as suas folhas.

 

Ela pode ser ingerida em forma de pó, na alimentação ou como suplemento.

 

 

Moringa: usada desde a antiguidade na Índia é considerada milagrosa

Usada desde a antiguidade na medicina ayurvédica, a moringa ganha popularidade na atualidade. O nome científico é Moringa oleífera, é originária do norte da Índia, Etiópia, Filipinas e Sudão, atualmente em larga produção no mundo por causa de suas propriedades “redescobertas” pela humanidade.

 

Quase tudo da moringa pode ser usado como alimento ou para fins medicinais. A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura explica que as folhas “são ricas em proteínas, vitaminas A, B e C, e minerais, muito recomendados para mulheres grávidas ou em período de amamentação, e ainda para crianças pequenas”.

 

Só para se ter uma ideia, ela é mais rica em nutrientes que o espinafre e tem 7 vezes mais vitamina C que a laranja. Ela tem 92 nutrientes e 46 tipos de antioxidantes, além de 36 substâncias anti-inflamatórias e 18 aminoácidos. Tem 4 vezes mais betacaroteno que a cenoura, 11 vezes mais zinco que a carne vermelha, 6 vezes mais fósforo que as nozes, 25 vezes mais antioxidantes que a amora, 3 vezes mais potássio que a banana e 20 vezes mais cálcio que o leite. Além de tudo isso ainda é de baixa caloria. Que espetáculo!  ???? 

 

 

 

Depois que o Globo Repórter gravou um especial com essa planta, ficou popular no Brasil. Mas os indianos já usavam como erva medicinal, no combate a mais de 300 doenças. Fidel Castro era um fiel consumidor dessa erva.   ???? 

 

Moringa: o que se usa

Dela se aproveita quase tudo, das raízes às flores. As folhas e vagens podem ser usadas cruas em saladas ou colocadas em sopas. Tem um sabor parecido com o agrião, segundo quem já provou. As flores podem ser preparadas em doces, como fazem os indonésios. Também são usadas na produção de cosméticos e chás.

 

Podem ser usadas como parte do tempero junto com orégano e outras ervas. Smoothies e cozidos ganham um sabor diferente e são enriquecidos com as suas folhas.

 

Ela pode ser ingerida em forma de pó, na alimentação ou como suplemento.

 

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão alerta para que as gestantes não consumam a raiz ou o extrato radicular. Não há problema com as folhas.

 

 

 

Moringa serve para que

Ela é um poderoso antioxidante. Os benefícios incluem tratamento e prevenção.

 

  • Diabetes
  • Colesterol elevado
  • Pressão arterial elevada
  • Arteriosclerose
  • Aumenta a produção do leite materno
  • Suprime a inflamação, por isso tem se mostrado eficiente contra asmas
  • Prevenção da gripe: fazer gargarejo com o chá das folhas
  • Polinose ou alergia ao pólen (kafunsho em japonês), por conta dos seus polifenóis
  • Alergias 
  • Retarda o envelhecimento precoce, portanto é um potente anti-aging e ótim
    o para a beleza
  • Redução da ressaca
  • Melhorias na constipação intestinal
  • Melhoria na qualidade do sono
  • Melhoria na energia do dia
  • Melhoria do sistema imunológico
  • Antifúngico
  • Ajuda no combate à anemia
  • Ajuda na melhoria dos músculos e ossos
  • Quanto ingerir por dia
  1. Adultos podem consumir de 3 a 6 cápsulas com 500 mg por dia, sempre antes das 3 principais refeições. Crianças com idade escolar podem tomar até 3 por dia. Eu tomo duas cápsulas por dia apenas. E já me sinto bem, renovada. Talvez porque eu consumo diariamente o resveratrol e também o astragalus. Eles são excelentes para a imunidade, energia e longevidade!

 

  1. Se prefere chá coloque 1 colher de sopa da moringa em folhas em uma xícara de água quente. Deixe em infusão por 3 minutos e beba, sem açúcar.

 

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF