Dieta de Claudia Raia exclui leite e carne vermelha


Além de queimar calorias com a dança, a atriz também passou por um processo de reeducação alimentar, que excluiu do cardápio leite e carne vermelha. Conheça mais sobre a dieta de Claudia Raia e veja seus benefícios e malefícios para o organismo:

O organismo sem carne vermelha:

De acordo com a nutricionista Janaina Furtado, é preciso tomar certos cuidados ao excluir um alimento ou grupo de alimentos do cardápio diário. “Essa foi uma recomendação específica para Claudia Raia, que teve orientação médica e nutricional. No entanto, gosto de destacar que dietas para emagrecimento com restrições alimentares não devem ser feitas, pois a privação momentânea irá gerar resultados momentâneos”, explica. Portanto, a recomendação é que se inclua a carne vermelha na dieta ao menos duas vezes na semana. “Sabe-se que a digestão da carne vermelha é mais demorada e que seu excesso pode levar a problemas no aparelho digestivo, mas é importante que haja consumo por conta dos nutrientes importantes nela contidos, como o ferro”, ensina a nutricionista. Ainda de acordo com Janaina, ao contrário do mito popular, a carne vermelha, em si, não engorda: “o que faz engordar é o modo como ela é preparada”, ressalta. No entanto, boas opções para substituí-la são frango ou carne de porco. Os ovos também são fontes de proteínas, mas é necessário ter cuidado ao consumi-lo: “nós recomendamos que não se coma ovo com carne, pois ambos são fontes de colesterol”, explica Janaina.

O organismo sem lactose: Claudia Raia também tem uma dieta que exclui a lactose da alimentação. De acordo com a nutricionista, a lactose não ocasiona prejuízos ao organismo quando quem a consome não tem intolerância. “A lactose, que é uma proteína exclusiva do leite, não proporciona ganho de peso, por isso, não há necessidade de uma pessoa que não tenha intolerância a ela excluir o leite e seus derivados da alimentação”, ensina Janaina. Uma vez no organismo, a lactose fornece energia para as células, aumenta a absorção e a utilização intestinal do cálcio presente no leite. “Ela só é considerada um malefício ao organismo somente quando a pessoa tem intolerância”, ressalta.

Conheça a dieta completa da atriz Café da manhã: Um pote de iogurte desnatado, duas colheres (sobremesa) de aveia, uma xícara (chá) de frutas picadas (banana, morango, mamão, manga), um omelete com um ovo inteiro e duas claras.

Lanche da manhã: Sanduíche com duas fatias de pão integral light, uma fatia de queijo branco e um de peito de peru ou uma barra de cereais e oito amêndoas.

Almoço: Três colheres (sopa) de arroz integral, uma colher (sopa) de grão-de-bico cozido, um filé de frango grande, brócolis no vapor, um prato grande de salada (folhas, palmito, tomate-cereja, pimentão vermelho, erva-doce).

Lanche da Tarde: Uma bananinha sem açúcar + uma xícara (café) de sementes de abóbora ou girassol torradas ou um pote de iogurte light com duas colheres (sobremesa) de mix de cereais.

Jantar: Uma tigela de sopa de couve-flor (sem leite ou manteiga), um filé de salmão grelhado (120 g) com shimeji refogado.

Ceia: Gelatina light à vontade, um pote de iogurte light ou uma fatia de queijo branco com uma colher (chá) de geleia light.    

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF