Personal trainer online


Listamos os prós e contras de contratar um personal trainer que faça atendimento online para quem sempre quis ter um professor só seu na hora de treinar, mas a (falta de) grana não permitia, chegou a hora. Vários personal trainers estão ampliando online a oferta de serviços, como montar treinos sob medida, orientar a execução dos exercícios, acompanhar a distância o seu desempenho e os resultados.

Por que sim:

É mais barato: "O custo de contratar um professor virtual é 70% menor do que um presencial", fala o personal trainer Gabriel Baú, de Londrina, no Paraná, que presta esse tipo de serviço. Isso porque o profissional não gasta com deslocamento nem precisa bloquear a agenda - em uma hora, tempo médio de aula, ele consegue atender mais de um aluno online.
Os horários são flexíveis: Se surgir um imprevisto, é possível mudar o horário da aula sem precisar avisar o professor - nem pagar a aula caso tenha que desmarcá-la em cima da hora. O professor segue sua rotina: A ideia é que vocês fiquem conectados o tempo todo e troquem informações sobre o treino e a alimentação."Acabamos conversando por WhatsApp e Instagram e com muito mais frequência do que se tivéssemos aulas convencionais semanais", comenta Gabriel.

Por que não:

Você é sua única fiscal: Quem é do tipo que precisa de alguém pegando no pé - para sair da cama de manhã ou falar menos e malhar mais durante a aula - pode não se adaptar. Tem que prestar atenção em tudo: O personal não vai estar ao lado para corrigir as costas, lembrar de contrair o abdômen e ajudar a contar as repetições. Ou seja, você precisa de concentração extra para fazer o treino funcionar e evitar lesões.
"Mando vídeos demonstrando os exercícios para não restar dúvidas, mas, ainda assim, é essencial ter consciência e responsabilidade na hora de treinar", avisa Gabriel.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF