Enxágue a boca por 1 minuto com isto e elimine a placa e o tártaro dos dentes!


Bochechos e gargarejos são muito importantes para completar a higienização da sua boca.
Esses processos combatem bactérias e evitam o desenvolvimento de placas.
Além disso, com eles, podemos garantir maior frescor e bom hálito.
Lavar a boca com bochechos é indispensável à saúde.

Afinal, isso evita tártaro.
Além deste, há muitas outras vantagens.

Confira:

1. Ingredientes naturais

Fazer a sua própria mistura para eliminar o tártaro é muito saudável.
Você sabe o que está usando e a procedência dos ingredientes.

2. Economia

Com certeza, fazer a receita caseira sai muito mais barato do que comprar na farmácia ou lojas e o resultado será mais eficaz.

3. Maior qualidade

Já pensou em quantos aditivos tóxicos, conservantes e corantes artificiais podem ter nos produtos industrializados?
Além disso, contamos com aromatizantes e outras substâncias perigosas.
Podemos evitar tudo isso com a receita que ensinaremos a fazer.
O bicarbonato de sódio é o principal ingrediente da receita.
Como você já deve saber, trata-se de um ingrediente maravilhoso para limpeza.
Por isso, ele é tão usado em várias situações de limpeza, incluindo a bucal.
Muitos criticam o uso do bicarbonato de sódio na limpeza dos dentes.
Procede isso?

Não vamos entrar no mérito da questão.
Mas apenas constatar um fato: há muita crítica em cima de produtos naturais que fazem grande sucesso.
Qual o motivo dessa crítica se são as pessoas que usaram tais produtos as responsáveis por divulgar as receitas aprovadas?
Dizer que bicarbonato de sódio é ruim para os dentes, todos têm esse direito.
No entanto, quem o usa da forma certa só tem elogios.
E essas pessoas também têm o direito de dizer que usaram e aprovaram.

Não é mesmo?

De volta ao tratamento: além de proteger contra o tártaro, branqueia os dentes e elimina germes que causam cáries e mau hálito.

Veja como ele é simples:

INGREDIENTES

  • 1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio
  • 2 colheres (sopa) de água oxigenada 10 volumes
  • Meia colher (chá) de sal
  • Meio copo de água morna
  • 1 xícara de água fria
  • 1 escova de dentes
  • 1 copo
  • Palito de dentes

MODO DE PREPARO

  1. Misturar o sal com o bicarbonato.
  2. Molhe a escova na água morna e mergulhe na mistura de aal e bicarbonato.
  3. Feito isso, escove os dentes cuidadosamente.
  4. Faça o procedimento por dois minutos.
  5. Depois disso, misture água oxigenada com água morna e bocheche por um minuto.
  6. Remova o tártaro entre os dentes com um palito e lave com água fria.
  7. Faça isso até duas vezes por semana.

É muito importante que você tenha em mente que não deve engolir a mistura.
Escove seus dentes três vezes ao dia com uma pasta de qualidade.
E atenção: comidas picantes estimulam as glândulas salivares.

O que isso significa?

Que sua boca será higienizada de forma mais natural.

Aproveite!

Se você tiver medo de usar bicarbonato de sódio nos dentes - de tanto "buzinarem" na sua cabeça -, existe uma receita ainda mais natural.
Ela é com sementes de linhaça.
Também é muito simples: pegue 1 colher (sopa) de linhaça e coloque dentro da boca.
Mastigue bem, mas não engula.
Depois que as sementes estiverem trituradas, você vai esfregá-las nos seus dentes com o auxílio de sua escova dental.
As sementes vão fazer o papel de sua pasta de dentes, entendeu?
Faça esta limpeza até três vezes por semana.
Outra opção é usar o sal marinho.

Mas o ideal é que seja um sal de boa qualidade, como o do Himalaia.
Coloque um pouco de sal na escova de dentes umedecida e escove normalmente, como se o sal fosse a pasta.
Para finalizar, enxágue com bastante água.

Você também pode utilizar o sal como um enxáguante bucal.
Dilua meia colher (chá) de sal em copo de água e faça bochechos antes de dormir.
O sal marinho - especialmente quando é de boa qualidade - tem propriedades antibacterianas e protege contra o tártaro, além de possuir um poder de clareamento dental.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu dentista.

Fonte: CURA PELA NATUREZA

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF